Amadurecimento sem Evolução é Fruta


A Guerra do Fogo • França e Canadá

 •  1981  •


São várias vidas a serem vividas.

O quadro é enorme.


evolução, adão, deus, michelangelo


Pensar apenas nesta vida, e não cogitar sobre toda a sequência, é como se preocupar só com cinco minutos de uma partida, e não com o campeonato inteiro.

Envelhecer sem fazer nada, perdendo o tempo com bobagens, é a maior desonra que um humano pode causar à Cosmoética, à Grande Ética do Universo.

As vidas servem justamente para o crescimento da pessoa humana. Para o desenvolvimento de suas aptidões, exercícios de resiliência e serenidade, e melhoramento de seus sentimentos em relação a si mesmo e a todos os outros seres humanos com quem convive.

Amadurecimento só existe de fato, com o progresso existencial da pessoa.

Quem fica inerte em relação ao mundo, não opina, não reage aos fatos e nem interage com ninguém … está apenas apodrecendo a carne no Planeta Terra, não está vivendo.

Lamento informar, mas vai ter que voltar, e fazer tudo de novo.

Paul Sampaio

Bauru, terça-feira, 1 de setembro de 2015 – 34º C


evolução


Sobre o filme

La Guerre du Feu (A Guerra do Fogo) é um filme de 1981 feito na França e no Canadá, com locações na Escócia, Islandia, Quênia e Canadá.

A direção é de Jean-Jacques Annaud.

Anthony Burgess e Desmond Morris foram responsáveis pela linguagem especial que foi criada para o filme que conta uma história de período anterior ao uso da língua de maneira universal, tendo a linguagem corporal um forte apelo, juntamente com outros elementos que renderam à produção dez prêmios, sendo um deles o Oscar, além de sete outras indicações nos anos de 1982 e 1983


Trailer


Anúncios