O Comportamento do Pensamento


Movimento e penso, tenho uma ideia, e outra, e outra …

Conexões se estabelecem. Mas nem sempre acho algum sentido.

Certas vezes, a ideia parece não ter origem. Pelo menos, não em mim.

E aí, sei que tem alguém por perto.

Quanto mais presto atenção, mais entendo como a coisa acontece.

Conhecemos a ideia pelo cheiro, pelo humor, pelo grau …

E não é porque ela simplesmente apareceu na cabeça, que deve ficar.


 

mãos, luz


Quem manda no seu pensamento, é você.

E ninguém pode tirar uma ideia do seu pensamento, além de você mesmo.

Contudo, se você conseguir tirar uma ideia ruim da cabeça, acaba tirando também, a energia que a fez aparecer.

E como em um jogo, você poderá ser presenteado com uma boa ideia. Como uma espécie de bônus pelo afastamento da coisa ruim.

Aquela ideia chamada de salvadora. Que leva alívio à dor, serenidade à angústia, enfim … a luz no fim do túnel.

O assédio da energia ruim, pode ser constante para algumas pessoas … pode levar uma vida inteira … e até algumas vidas para ser vencido.

Por isso é tão importante reconhecê-lo, para conseguir evitá-lo.

E  humildemente como um grão de areia, peça perdão pelo o que você possa ter feito, e licença para seguir seu caminho em paz … e com certeza, você terá excelentes frutos com o tempo … faça chuva ou faça sol, haverá sempre luz.

E lembram? Onde há luz, a disciplina fica mais fácil.

E quem sabe um dia, ainda seremos donos de nossos próprios pensamentos. 🙂


o comportamento do pensamento


 

Anúncios