Corpos Humanos são Uniformes Escolares


São necessários alguns milhares de anos para atingirmos o grau de Serenidade suficiente, para uma consciência humana parar de encarnar na Terra.

E ainda assim, em momentos cruciais, ela poderá voltar para algum serviço.


projeção lúcida da consciência, 3


Sabemos que consciências deste grau, também se ausentam das dimensões terráqueas, e que conhecem muito mais do que nós. Seja sobre o funcionamento do Universo ou de qualquer outro assunto. Contudo, elas nos asseguram que a força criadora das consciências, e de todo Cosmos, o Deus tão imaginado pela Humanidade de várias formas diferentes, é absolutamente improvável e incompreensível – não dá para prová-lo e nem compreendê-lo.

Enfim, os seres mais desenvolvidos do que nós, não têm mais essa preocupação, não procuram por tal resposta há muito tempo.

Uma vez, um deles perguntou para mim, e depois de um silêncio profundo, ele mesmo respondeu, lendo meus pensamentos:

“Se você tivesse sozinho, no meio de uma floresta enorme, cheia de criaturas primitivas e diferentes de você, com frio, fome e sono … você estaria preocupado com quem criou o Sistema Solar e fez todas aquelas árvores e animais estarem ali?

Seu interesse não está no poder de criação do mundo, e sim no poder de domínio sobre ele.

Quando você chama por Deus naquele momento, você chama pelo melhor que pode existir em si mesmo. No fundo, você sabe que está sozinho. Por isso, só a consciência que é capaz de lembrar quando se manifesta fora do corpo, é capaz de transcender à condição animal, e achar confiança e sabedoria para contornar a situação terrestre.

Senão, precisa acreditar em alguma coisa fora dele mesmo para fazer o trabalho.”

Pois bem, Não existe algo que nos dê mais sentido para a vida do que a consciência da imortalidade, e do imenso trabalho de evolução pessoal que ainda temos pela frente. Contudo, essa certeza só vem pela auto-experimentação, o que só acontece para certas pessoas e sob certos critérios.

PLANO ESPIRITUAL, APARIÇÃO, ANJO, MENTOR, NOSSO LAR, COLÔNIA

Em locais onde existe paz e normalidade, quando somos criança e chegamos à idade de ir para escola, nós ganhamos um uniforme para frequentar as aulas, e aprender.

E assim também é com a vida encarnada, que nada mais é, do que uma aula evolutiva. E o uniforme da escola terráquea, é o corpo humano. Por isso estamos em um deles agora.

Um dia não será mais assim. Nem nossa forma será sempre a mesma.

Poderemos nos manifestar de tantas maneiras diferentes, que ainda nem podemos imaginar.

Não poder lembrar disso tudo, todo dia quando voltamos a nossos corpos depois do sono, é a exigência para podermos aproveitar ao máximo nossa experiência na escola, que nada mais é do que a carne – a vida em um corpo animal. Por isso, as lembranças de nossas vidas passadas ficam em nosso corpo espiritual.

Aprenderemos as técnicas para acessar essas dimensões paralelas, principalmente as superiores, contudo, elas são um espaço onde só consciências chegam.

Máquinas não entram. Logo, também não entram animais, e nem seus instintos ferozes e pequenos.

Falamos de dimensões onde não há corrupção de leis cosmoéticas. Falamos de um lugar onde não existe espaço para 66% da Humanidade, em 2015.

Resumindo: apenas 34% de nós, já não mata outro ser humano, há algumas encarnações. Ocorrência natural da evolução consciencial.

projeção lúcida da consciênciaAssim sendo, a maioria de nós, mal aproveita o tempo desencarnado, e já precisa voltar para depurar a consciência em trabalho de campo, em vida animal.

Não chegam às Colônias de Preparação quando estão desencarnados.

Vagueiam em sofrimento pelas dimensões inferiores,  e recebem apenas um socorro básico para sua nova experiência na Terra acontecer.

E por isso, esses ainda precisarão da figura de Deus para lhes proteger do medo da morte e da ignorância sobre si mesmos, por muito tempo. Afinal, só saberão quem são, na hora em que estiverem prontos para isso.

Para as consciências não esclarecidas por uma longa sequência de encarnações, o corpo humano que têm hoje, é tudo.

Por causa dele, são capazes de qualquer coisa.

Se apegam facilmente a qualquer crença, por mais absurda que seja, e costumam olhar para as nuvens diariamente, pedindo perdão pelas repetidas besteiras que fazem, e uma porção de coisas prazerosas para si e seus entes chegados, para uma criatura a quem deram o nome de Deus – uma espécie de Papai Noel – a versão infantil que eles também criaram.

A ideia de dominar a energia consciencial que todos temos, e de fazer assistencialismo através de um amparador desencarnado … projeção lúcida da consciência … bem, esses não são assuntos para pessoas que ainda precisam de Papai Noel.

Ainda temos muitas crianças para ensinar, irmãos. 🙂

… a propósito, mesmo conhecendo o conceito tão bem, eu pessoalmente, opto por continuar usando muito a palavra ‘Deus’, e a atitude de submissão nas mentalizações, e até na passividade para as comunicações. Ou seja, mesmo sem ter assassinado ninguém nessa vida, eu devo me encontrar entre os 66% pouco esclarecidos ainda … rsss … mas tenho ‘fé’ na melhora … kkkkkkkk 🙂

Paul Sampaio

Bauru, 6 de setembro de 2015 – 6:40 – 15º C


projeção lúcida da consciência, 2


 

Anúncios