Brasil muda formação de quadrilha na Presidência

Sai o ‘Grupo A’ e entra o ‘Grupo B’.

Infelizmente, não será possível colocar especialistas nos Ministérios, e muito menos, fazer os cortes necessários na máquina administrativa para estabilizarmos a economia em profunda recessão. Afinal, são muitos partidos querendo seu quinhão. E por isso, teremos novamente, políticos corruptos assumindo pastas que nunca viram nem a cor, enquanto são investigados simultaneamente pelos tribunais do país.

O Brasil é um grande hospital. Parece que estão todos doentes. Ninguém diz que temos tantas Universidades sérias e instituições exemplares com profissionais fantásticos, que poderiam fazer o Brasil decolar em qualidade de vida e ética, em pouquíssimo tempo.

esquerda, direita, centro, infografico

Ohhhh História amarga e triste, que nos deixa à mercê de mafiosos dissimulados nos postos mais altos da República! Que nos faz ver homens e mulheres mentirosos por todos os corredores do Congresso e do Senado do Brasil, e principalmente, na Presidência … que nos faz vítimas de políticos desonestos a toda eleição, e mesmo fora delas.

Ladrões que roubam bilhões e deixam milhões sem empregos, se fazendo de vítima. Jamais assumem a responsabilidade pelos crimes e se dizem perseguidos injustamente. Do outro lado, ex-parceiros de máfia e oposicionistas oportunistas, ignoram seus próprios processos na Justiça, e se colocam como os salvadores da Pátria.

Que cocô de elefante esse trem fantasma chamado política brasileira, onde a única luz no fim do túnel que vemos, parece ser a do próprio trem chegando para nos atropelar.

esquerda, direita

A economia vai melhorar, porque o Brasil não pára de trabalhar (e deixa este acento no verbo ‘parar’ aí, de onde nunca deveria ter saído, por causa apenas da fome das Editoras de livros do país, com a republicação de tudo o que já foi escrito em língua portuguesa), mas não por causa da habilidade das equipes que colocarão no Banco Central e na Fazenda. A saída da quadrilha mais bandida de todos os tempos da Presidência, sem dúvida irá fazer uma enorme diferença, contudo, será o trabalho de brasileiros e brasileiras que de fato nos tirará desta lama financeira, e não os bandidos que assumirão o governo agora.

Que me perdoem, os dois ou três quadros honestos e decentes que possivelmente comporão o novo governo pela generalização, mas quem anda junto com bandido, bandido é ou se tornará.

Nunca comprei qualquer ideia política, religiosa ou futebolística por inteiro. Tenho minha ideologia, meu Deus e meu time de futebol, mas nunca fiquei surdo, nem cego para todo o resto que me rodeava. E tenho certeza, que foi exatamente isso que me deu a condição de dizer que, faço parte de um minúsculo grupo de pessoas que realmente pensam nesse lugar.

Não sendo vaqueiro, nunca gostei de seguir manada. Ainda mais quando o coletivo se aplica a burros e não vacas.

assinatura digital

Paul Sampaio, perfil, 1  Paul Sampaio – Autor

bandeira, brasil, vermelha

Anúncios