Como Vencer o Egoísmo Humano

Toda guerra nasce do egoísmo que a condição animal impõe ao indivíduo.

Basta uma traição de um semelhante, para que naturalmente, a pessoa comece a criar defesas internas e meios de se adaptar ao mundo em que nasceu – um mundo de desconfianças por todos os lados.

A mesma Ética Cósmica que rege o Universo, se aplica a todos os indivíduos, que apesar de diferentes, têm em comum o estado evolutivo.

empresariais, 2planet-earth-white-background-21836676Notamos que os mais evoluídos entre nós, já conseguiram superar seus conflitos neste sentido, e demonstram um grau de altruísmo que transcende à sua condição animal.

Pessoas neste estágio, já travaram milhares de batalhas antes, e não precisam mais buscar auto-afirmação, auto-estima, reconhecimento e prazeres terrenos. Já transcenderam a essas necessidades primitivas, e só têm contato com elas novamente, para dar assistência direta ou cognitiva para aqueles que ainda vivem essa busca, diariamente em suas vidas.

Na fase de domínio do egoísmo, experimentamos e fazemos, tanto as coisas boas, quanto as piores que existem.

Experimentamos do bom e do melhor, mas também conhecemos a miséria.

No início por exemplo, diversas vezes, para nos beneficiar, prejudicamos muitas pessoas, e nem ligamos para o que estamos causando.

No fim, a culpa chega antes das decisões, e enfim, a solidariedade e o respeito à vida coletiva das consciências humanas, fala mais alto, e de forma gloriosa, a vitória sobre o egoísmo definitivamente acontece dentre do indivíduo.

Tudo isso leva tempo. É um processo bastante lento e demorado. Mas é possível para todos, e na verdade, um caminho pelo qual todos nós precisamos passar em nossa jornada existencial.

PLANO ESPIRITUAL, APARIÇÃO, ANJO, MENTOR, NOSSO LAR, COLÔNIAÉ claro que uma vida terrestre não é suficiente para isso. Cansamos de enterrar egoístas que morreram sem mudar em nada, e sabemos o quanto sofrerão ainda, até chegarem ao estágio do altruísmo pleno da consciência.

Por isso, cada pequeno passo que damos no sentido do desapego de nosso próprio ego, mais rápido chegaremos às dimensões superiores – lugares que não temos nem como comparar com o que conhecemos por vida, aqui na Terra.

E principalmente; um lugar onde só há extraordinários. Onde podemos confiar e contar com todos.


Um lugar, onde não existe mais ninguém … que precisa fazer força para amar o próximo.

Paul Sampaio, 14 de outubro de 2015 – 6:50


mãos, solidariedade, globo

Anúncios