Os Monstros que viram Anjos

espiritualidade O feio se olha no espelho, não gosta do que vê, mas é tudo o que tem na vida.

Apesar de não gostar do que é, ele também quer viver, e na inveja da felicidade do outro,

Ele planta seu caminho de lodo e fungos, como quem corre da polícia.

Monge budista no Cambodia, Angkor Wat, ao pôr do sol.
Monge budista no Cambodia, Angkor Wat, ao pôr do sol.

Ele também sente vergonha. Não queria ser ele mesmo.

Mas como não tem escolha, apenas é o que pode ser no momento.

Enfim, vive como um monstro, age como um monstro,

E tem sentimentos, mais pesados que o chumbo, norteando suas decisões.

espiritualidade

Uma pessoa assim, seria capaz de estagnar nesta condição espiritual, por séculos;

Não fosse as interferências pontuais de anjos.

E só casos extremos realmente os exigem.

Não é comum esse tipo de ajuda, na verdade, é muito rara.

 

espiritualidadeMas em situações assim, para o bem de muitos, é necessário sim, o envio de moderadores.

E serão mentores da mudança.

E terão que conseguir, o mais rápido possível,

Transformar o monstro em uma pessoa sem transtornos.

Para que um dia, lá no futuro, ele possa fazer também, o que hoje fazem por ele.

Para que ele possa um dia, também se tornar – um anjo de luz.

Paul Sampaio, 17:27 – Bauru, 3 de janeiro de 2014 – 32º

espiritualidade

Anúncios