Da Reforma Moderna

A Força do Bem
A Força do Bem

“Sementem ut feceris, ita metes” (Cada um colhe conforme semeia)

Do dias de tempestade trouxe a experiência do saber manter-me vivo.

Só a verdadeira necessidade de sobrevivência na escassez absoluta, coloca nossos pés, na tênue linha que separa o equilíbrio da alma, com a carne que sofre. E é neste lugar onde realmente nos descobrimos. Onde conseguimos ver nossa própria essência, e perceber tudo o que somos realmente capazes de fazer e transformar. E principalmente, onde encontramos com a nossa própria coragem.

“Auribus frequentius quam lingua utere” (Ver, ouvir e calar)

Não é de bom trato destratar os outros. Diria um certo Chico – ser ofendido, realmente é horrível, mas muito pior, é ser o próprio ofensor.

“A inclusione unius ad exclusionem alterius” (Da inclusão de um, à exclusão de outro)

O mal e a mentira podem até reinar por algum tempo, mas têm pés de barro. E nesse mundo, no Planeta Água, graças a Deus, sempre choverá. E a iniquidade, quando chegar sua hora, sempre virá abaixo  a partir de seu próprio alicerce.

“Volle est posse” (Querer é poder)

Nunca subestime o poder de quem só quer o bem das pessoas. Lembre de todas as vezes que seus olhos não puderam ver os anjos, e que perdeste suas guerras, mesmo quando tinha um exército infinitamente maior. Ninguém nesse Universo está acima da Lei Cósmica da ‘Causa e Efeito’.

“In cauda venenum” (Na cauda é que está o veneno)

“A traição é a coisa mais condenável em uma relação humana.” Padre Beto

Só existi uma maneira de trair: pelas costas. E o Cristo então, te colocaria de recuperação, pra você voltar, e aprender tudo de novo sobre a Verdade e o Amor.

“Vox populi, vox Dei est”  ( A Voz do povo é a voz de Deus)

O que diriam as pessoas se realmente soubessem de tudo? O que diriam todos de suas próprias vergonhas? Quais de vocês já estão preparados para encará-las?

Paul Sampaio

09:35:42 – terça-feira 21 janeiro de 2014

Reforma da Igreja

Anúncios