Brasil tem 202,7 milhões de habitantes em 2014


Veja também, os números das capitais, e municípios mais e menos populosos do país.

As estimativas populacionais são parâmetros (um dos)  utilizados pelo Tribunal de Contas da União na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios, e também, fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são.


IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios em 2014

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – Copis.

multidãoO IBGE divulga hoje, 28 de agosto de 2014, as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2014. Estima-se que o Brasil tenha 202,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,86% de 2013 para 2014. O município de São Paulo continua sendo o mais populoso, com 11,9 milhões de habitantes, seguido por Rio de Janeiro (6,5 milhões), Salvador (2,9 milhões), Brasília (2,9 milhões) e Fortaleza (2,6 milhões). Os 25 municípios mais populosos somam 51,0 milhões de habitantes, representando 25,2% da população total do Brasil.

Esta divulgação anual obedece à lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, e ao artigo 102 da lei nº 8.443, de 16 de julho de 1992.

A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de hoje, 28 de agosto de 2014. Os resultados das Estimativas de População 2014 também podem ser acessados na página www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa2014. Uma análise completa das estimativas populacionais pode ser consultada no link http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/pdf/analise_estimativas_2014.pdf.

OS 25 MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS

ORDEM
UF
MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2014
SP
São Paulo
11.895.893
RJ
Rio de Janeiro
6.453.682
BA
Salvador
2.902.927
DF
Brasília
2.852.372
CE
Fortaleza
2.571.896
MG
Belo Horizonte
2.491.109
AM
Manaus
2.020.301
PR
Curitiba
1.864.416
PE
Recife
1.608.488
10º
RS
Porto Alegre
1.472.482
11º
PA
Belém
1.432.844
12º
GO
Goiânia
1.412.364
13º
SP
Guarulhos
1.312.197
14º
SP
Campinas
1.154.617
15º
MA
São Luís
1.064.197
16º
RJ
São Gonçalo
1.031.903
17º
AL
Maceió
1.005.319
18º
RJ
Duque de Caxias
878.402
19º
RN
Natal
862.044
20º
MS
Campo Grande
843.120
21º
PI
Teresina
840.600
22º
SP
São Bernardo do Campo
811.489
23º
RJ
Nova Iguaçu
806.177
24º
PB
João Pessoa
780.738
25º
SP
Santo André
707.613
TOTAL 25 MAIORES
51.077.190
TOTAL BRASIL
202.768.562
% TOTAL BRASIL
25,2%
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – Copis.

Quando se excluem as capitais, os municípios mais populosos são Guarulhos (1,3 milhão), Campinas (1,2 milhão), São Gonçalo (1,0 milhão), Duque de Caxias (878,4 mil), São Bernardo do Campo (811,5 mil), Nova Iguaçu (806,2 mil), Santo André (707,6 mil), Osasco (693,3 mil) e São José dos Campos (681,0 mil). Os 25 municípios mais populosos com exceção das capitais somam 17,0 milhões de habitantes, representando 8,4% do total da população do Brasil em 2014.

OS 25 MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS EXCETO CAPITAIS

ORDEM
UF
MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2014
SP
Guarulhos
1.312.197
SP
Campinas
1.154.617
RJ
São Gonçalo
1.031.903
RJ
Duque de Caxias
878.402
SP
São Bernardo do Campo
811.489
RJ
Nova Iguaçu
806.177
SP
Santo André
707.613
SP
Osasco
693.271
SP
São José dos Campos
681.036
10º
PE
Jaboatão dos Guararapes
680.943
11º
SP
Ribeirão Preto
658.059
12º
MG
Uberlândia
654.681
13º
MG
Contagem
643.476
14º
SP
Sorocaba
637.187
15º
BA
Feira de Santana
612.000
16º
SC
Joinville
554.601
17º
MG
Juiz de Fora
550.710
18º
PR
Londrina
543.003
19º
GO
Aparecida de Goiânia
511.323
20º
PA
Ananindeua
499.776
21º
RJ
Niterói
495.470
22º
RJ
Campos dos Goytacazes
480.648
23º
RJ
Belford Roxo
479.386
24º
ES
Serra
476.428
25º
RS
Caxias do Sul
470.223
TOTAL 25 MAIORES
17.024.619
TOTAL BRASIL
202.768.562
% TOTAL BRASIL
8,4%
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – Copis.

Serra da Saudade, no estado das Minas Gerais, é o município brasileiro de menor população, estimada em 822 habitantes em 2014, seguido de Borá, em São Paulo, com 835 habitantes. Atualmente, esses dois municípios são os únicos no país com menos de mil habitantes em 01/07/2014. A população dos 25 municípios menos populosos soma 32.946 habitantes, representando aproximadamente 0,02% da população total do Brasil.

OS 25 MUNICÍPIOS MENOS POPULOSOS

ORDEM
UF
MUNICÍPIO
POPULAÇÃO 2014
MG
Serra da Saudade
822
SP
Borá
835
MT
Araguainha
1.000
TO
Oliveira de Fátima
1.091
GO
Anhanguera
1.093
SP
Nova Castilho
1.206
MG
Cedro do Abaeté
1.222
PI
Miguel Leão
1.239
SP
Uru
1.240
10º
RS
André da Rocha
1.286
11º
SC
Santiago do Sul
1.389
12º
TO
Chapada de Areia
1.391
13º
GO
Lagoa Santa
1.406
14º
MG
Grupiara
1.415
15º
PR
Jardim Olinda
1.416
16º
RS
Engenho Velho
1.428
17º
GO
Cachoeira de Goiás
1.430
18º
RS
União da Serra
1.434
19º
SC
Lajeado Grande
1.479
20º
MT
Serra Nova Dourada
1.492
21º
PR
Nova Aliança do Ivaí
1.509
22º
MG
Doresópolis
1.512
23º
SP
Santa Salete
1.517
24º
TO
São Félix do Tocantins
1.532
25º
RS
Montauri
1.562
TOTAL 25 MAIORES
32.946
TOTAL BRASIL
202.768.562
% TOTAL BRASIL
0,02%
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – Copis.

Entre as regiões metropolitanas, a RM de São Paulo continua sendo a mais populosa, com 20,9 milhões de habitantes, seguido da RM do Rio de Janeiro (11,9 milhões de habitantes), da RM de Belo Horizonte (5,8 milhões de habitantes), da RM de Porto Alegre (4,2 milhões de habitantes) e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,1 milhões de habitantes). As 25 regiões metropolitanas mais populosas somam 87,0 milhões de habitantes, representando 42,9% da população total.

POPULAÇÃO DAS REGIÕES METROPOLITANAS

ORDEM
REGIÃO
METROPOLITANA
POPULAÇÃO
2014
% POPULAÇÃO TOTAL
RM SÃO PAULO
20.935.204
10,32%
RM RIO DE JANEIRO
11.973.505
5,91%
RM BELO HORIZONTE
5.767.414
2,84%
RM PORTO ALEGRE
4.161.237
2,05%
RIDE DF E ENTORNO
4.118.154
2,03%
RM SALVADOR
3.919.864
1,93%
RM RECIFE
3.887.261
1,92%
RM FORTALEZA
3.818.380
1,88%
RM CURITIBA
3.414.115
1,68%
10º
RM CAMPINAS
3.043.217
1,50%
11º
RM MANAUS
2.478.088
1,22%
12º
RM GOIÂNIA
2.296.678
1,13%
13º
RM BELÉM
2.129.515
1,05%
14º
RM GRANDE VITÓRIA
1.884.096
0,93%
15º
RM BAIXADA SANTISTA
1.781.620
0,88%
16º
RM NATAL
1.462.045
0,72%
17º
RM GRANDE SÃO LUÍS
1.403.111
0,69%
18º
RM MACEIÓ
1.246.421
0,61%
19º
RM JOÃO PESSOA
1.195.904
0,59%
20º
RM NO/NE CATARINENSE
1.191.558
0,59%
21º
RIDE TERESINA
1.180.930
0,58%
22º
RM FLORIANÓPOLIS
1.111.702
0,55%
23º
RM ARACAJU
912.647
0,45%
24º
RM VALE DO RIO CUIABÁ
871.729
0,43%
25º
RM LONDRINA
818.300
0,40%
TOTAL 25 MAIORES RM
87.002.695
42,91%
TOTAL BRASIL
202.768.562
100,00%
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – Copis.
Onde: RM = Região Metropolitana e RIDE = Região Integrada de Desenvolvimento

No ranking dos estados, os três mais populosos localizam-se na região Sudeste, enquanto os três estados menos populosos localizam-se na região Norte. O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44,0 milhões de habitantes e 21,7% da população total do país, seguido de Minas Gerais, com 20,7 milhões de habitantes (10,2% da população total), e Rio de Janeiro, com 16,5 milhões de habitantes (8,1% da população total). O estado de Roraima é o menos populoso, com 496,9 mil habitantes (0,2% da população total), seguido do Amapá, com 750,9 mil habitantes (0,4% da população total), e Acre com 790,1 mil habitantes (0,4% da população total).

Municípios de médio porte são os que mais crescem no Brasil

As maiores taxas geométricas de crescimento da população verificadas entre 2013 e 2014 estão nos municípios de “médio porte”, que possuem entre 100 mil e 500 mil habitantes em 2014 (1,12%). Esses municípios, em geral, são importantes centros regionais em seus estados, ou integram as principais regiões metropolitanas do país, configurando-se como áreas de atratividade migratória.

O crescimento nos municípios com mais de 500 mil habitantes (0,84%), por outro lado, é menos acentuado, sendo menor que a média nacional (0,86%). Essa tendência é influenciada, sobretudo, pelo ritmo lento de crescimento de algumas das principais capitais e núcleos metropolitanos, como, por exemplo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Belém, Recife e São Paulo. Atualmente, as taxas de crescimento dessas capitais se encontram abaixo da média nacional.

Os pequenos municípios brasileiros, em média, apresentam as menores taxas de crescimento populacional entre os anos de 2013 e 2014. O baixo crescimento, ou até decréscimo em muitos casos, pode ser explicado pelo componente migratório, influenciado por seu baixo dinamismo econômico. Para os municípios com população de até 100 mil habitantes, a taxa de crescimento estimada foi de 0,72%.

O município com maior taxa de crescimento entre 2013 e 2014 foi Nova Redenção (BA) com 10,87%, que passou de 8.527 para 9.453 habitantes. O de menor crescimento foi Satuba (AL) com taxa de -15,87%, passando de 15.737 para 13.241 pessoas. Já em relação às capitais, a que mais cresceu foi Palmas (2,91%), de 257.903 para 265.409, e a que menos cresceu foi Porto Alegre (0,32%), de 1.467.823 para 1.472.482 habitantes.

Metodologia usada pelo IBGE

Em 2013, o IBGE divulgou a projeção da população para as unidades da federação do país, por sexo e idade, pelo método das componentes demográficas, o que representou um aprimoramento metodológico. Dessa forma, as estimativas da população residente para os municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2014, foram elaboradas a partir dessa projeção para cada estado, incorporando os resultados dos parâmetros demográficos calculados com base nos resultados do Censo Demográfico 2010 e nas informações mais recentes dos registros de nascimentos e óbitos.

 

Comunicação Social
28 de agosto de 2014

Anúncios