Domingo, 27 de abril de 2014

04:16:34 – 16º / Nesta data: 1- aniversário da Bete desde 1959. / 2 – anúncio de afastamento feito pelo Beto para a imprensa, em 2013.
6 Hoje tivemos uma noite gostosa com convidados em casa, para comemorar o ‘niver’ da Bete. Foi tão legal, que eu simplesmente esqueci de gravar alguma coisa do encontro. Nem foto eu tirei, e a casa encheu. Legal. Mais à vontade não dava. O importante é que foi um aniversário super feliz acima de tudo. Como assim tem sido nosso casamento – extremamente abençoado pelo amor e pela paz. Obrigado Senhor.
Foi um período de Páscoa bem interessante este ano. Comparando as atividades políticas e ativistas do ano passado no mesmo período, percebi o quanto a vida mudou em um ano. Refleti um bocado à respeito. Revi os passos todos, cheguei à conclusão, que foi ótimo. Mas o melhor ano, sempre será o próximo. O amadurecimento constante, ininterrupto e super consistente, prova isso.
Além do que, é só olhar o quadro todo … os sites com toda a minha produção de TV provam isso também.
8Do ano passado, onde eu ainda tateava o estilo de TV que eu queria, para hoje, com o trabalho iniciado na TV Humana, eu vejo uma evolução enorme. Sem dúvida, nada disso teria acontecido sem a parceria com o Beto, que eu tanto queria, e que deu tão certa. Já fizemos coisas bem legais em TV. Já registramos muitas ideias … e a falta de qualquer preocupação com o futuro, visto que é só trabalhar para ele acontecer, enfim, essa calma toda com o por-vir, é deliciosa. Pela primeira vez, entendo que tratar o agora, já é preparar o futuro (quando se planeja a vida a cada segundo, claro). Quer dizer, arte do pensar tá cada vez mais afiada. E a arrogância, cada vez mais domada. Além do que, a impertinência quase que desapareceu. Contudo, ficou em seus lugares, uma virtude bastante assustadora: a verdade pura e serena, que por si só, corta mais que a lâmina mais afiada.
No tudo, dá pra dizer com essa análise do período de um ano, que Graças a Deus, achei meu caminho. E mesmo sabendo que ele mudará várias vezes ainda, já tenho o principal, que é a certeza que estou indo para o lado certo, e não à deriva.
Obrigado por tudo, Senhor. Principalmente por cada dificuldade que me ajudou em minha reeducação, para essa nova fase da minha vida. Sem o sofrimento e a miséria, nunca seria quem sou hoje. Muito obrigado por elas. Hoje entendo seus propósitos melhor. Desculpas pelo ranger de dentes deste seu servo vulgar e tão primitivo ainda. Amém Jesus.
Paul Sampaio
5:11 – uma hora para escrever umas linhas … rsrs …
a vida pessoal é bem mais complicada pra escrever, do que  pra TV.
Dra. Elizabete Maria de Toledo Alves
Dra. Elizabete Maria de Toledo Alves
Anúncios