O Humano Sábio e Paciente

“O sábio paciente, não foi com a multidão na primeira onda, que se espatifou contra os rochedos. Preferiu a oitava onda. Justamente aquela que levava à praia. Mas também, dessa vez foi fácil. Afinal, este sábio paciente, certa vez, já teve que esperar oitenta destas mesmas ondas mortais, para continuar contando suas histórias de sábio.”

Paul Sampaio

Pensamentos    blogdosampaio.com

sábio

Anúncios