O Caos e a Existência

Aparece o sentimento, e tudo muda, dentro e fora.

De um único sentimento surge o primeiro pensamento

e depois, vem logo um monte deles.

Ideias e ideias. Emoções e Emoções.

E o principal, tudo muda.
O comportamento orgânico e mental, muda. O fio de cabelo muda.

Tudo por causa de um único sentimento.

O que dizer então de um dia inteiro cheio de sentimentos diferentes,

sobre pessoas, coisas e nós mesmos?

Sentimentos bons, ruins e outros, só mais ou menos.

Alguns terríveis, e outros que parecem o paraíso por alguns momentos.

Enfim, é claro que errar tinha que ser humano.

Com um quadro existencial caótico como esse,

nossa primeira aula na escola quando crianças,

deveria ser, sobre como lidar com os sentimentos e pensamentos.

E não apenas desenvolver aptidões e adquirir conhecimento.

Na escola, o costume é, só conversar sobre nós quando fazemos algo errado,

e vamos parar na diretoria.

Talvez um professor ou outro, quem sabe, por afinidade, acabe trabalhando

um pouco nossos anseios e ideias, contudo, nenhum de nós sai da escola

sabendo absolutamente nada sobre a própria vida;

Eis a questão: que educação é essa?

O que esperar de uma Humanidade que sai da Universidade

sem nunca ter estudado sobre si mesma?

Pensador

Anúncios