Sábado, 27 de outubro

13:14 – 30º / Ontem, gravando a apresentação do Carlinhos Cantelli, já aconteceu o primeiro dilema pra mim, em termos de edição. Como eu penso em agregar bastante coisa alegre da vida das comunidades da periferia, eu já saí perguntando sobre a questão da felicidade entre eles, em comparação a grupos abastados, que já têm boa qualidade de vida. Porque minha intenção, é mostrar a realidade sofrida, mas também a personalidade, os costumes e claro, o divertimento dessas pessoas. Senão, ninguém aguenta ver, caso todos os vídeos sejam só sobre a precariedade da vida deles. E isso, acho eu, tbm não ajudaria as comunidades. Acho mais fácil a sociedade se mexer por causa da identificação em certas áreas, do que pela piedade. Nas campanhas políticas, todos já trabalham bastante a piedade. E ainda tá cheio de pobre no Brasil. Então, levantei a bola, e ele cortou bem na minha cara … kkkkkkkkk … respondeu que de certa maneira todo mundo ali, é triste, justamente por causa da pobreza. Eu fiquei com cara de idiota … mas tbm, tinha toda sua carga de verdade. Realmente a maioria dos trabalhadores de baixa renda, só fica feliz mesmo, no dia do pagamento e do vale, como o Carlinhos disse. Logo, como é que eu posso cortar isso da entrevista ? Nunca … então … deixa eu passando vergonha lá … kkkk …

Mas na verdade, é tudo por falta de reuniões entre nós ainda, por estarmos começando o projeto, totalmente com a cara e a coragem. Tenho certeza que tudo vai se ajeitar com o tempo. E também, que vamos sim, mostrar muita gente feliz na periferia, que com dignidade, educa suas famílias para o estudo e o trabalho em Bauru.

E o Carlinhos, é uma pessoa absolutamente verdadeira. Acho que ele nem saberia mentir se precisasse. É exatamente o que um programa sobre a periferia precisava – alguém que conheça as comunidades, e que seja verdadeiro. Nessse programa, eu não deito qualquer preocupação. Tenho certeza que anda sozinho. E mais uma vez, a intuição tava certa. Mais um, sem medo das lentes. Come elas todinhas também. Sua simplicidade na maneira de ser e falar, será sua marca. É sua primeira característica de autenticidade. Por isso tudo é que eu afirmo que, com todo certeza, Carlinhos Cantelli vai fazer lindas matérias na cidade.

Anúncios